Espanha o exemplo


As autoridades espanholas celebraram cerca de 9 mil casamentos entre pessoas do mesmo sexo desde Julho de 2005, quando entrou em vigor a polémica lei que colocou Espanha entre as nações mais progressistas do mundo nesta matéria.

Três anos e meio depois o assunto praticamente já não merece atenção da imprensa espanhola, que só raramente publica notícias sobre a lei que sempre foi apoiada pela maioria da população espanhola.

A reforma alterou ainda as expressões «marido e mulher» por «cônjuge» e «pai e mãe» por «progenitores».

+info: http://diario.iol.pt/internacional/casamento-homossexual-homossexuais-espanha-gays-casamento-iol/1034060-4073.html

1 comentários:

A... disse...

Ora mudar as expressões foi um acto digno de louvar! Não fazia ideia que tinham ido tão longe...